viastore warehouse modernization at metabo, Manufacturing Industry

A Metabo torna a armazenagem da produção sustentável a longo prazo

Do you want to change your region to North America?

Close Enter North American Website

Com um bom planejamento prévio e trabalho de equipe para um retrofit de sucesso

Inúmeros componentes foram descontinuados. Isso foi um desafio para o bom funcionamento do armazém de produção da Metabo, há 24 anos, em Nürtingen. Com uma análise detalhada da instalação, os especialistas em retrofit da viastore mostraram todos os elementos críticos e criaram um roteiro para as medidas necessárias. Assim, a Metabo conseguiu enfrentar a fase de modernização de três semanas com um bom planejamento prévio e garantir a disponibilidade do estoque novamente a longo prazo.

1995: no ano em que a Áustria, a Suécia e a Finlândia entram para a UE, fabricantes eletrônicos se unem em um padrão conjunto para DVD, Christo cobre o edifício do parlamento em Berlim. E na Metabo, fabricante de longa tradição de ferramentas eletrônicas para usuários profissionais, o volume de vendas aumenta para quase meio bilhão de marcos alemães. A empresa, então, sediada em Nürtinger, mandou a viastore SYSTEMS, um fornecedor internacional com sede em Stuttgart, construir um novo armazém automático para alimentação da produção, de modo a criar capacidade para mais crescimento.

Após 24 anos, risco de disponibilidade

viastore warehouse modernization at Metabo, Industrial production, Reference, removal of storage and retrieval machine

Com sucesso: atualmente, a Metabo se aproxima da marca de vendas de 500 milhões de euros – e o armazém continua alimentando a montagem consistentemente com componentes e matérias-primas. No entanto, após 24 anos não existia mais confiança, como Dennis Bosch, diretor de logística na fábrica principal, explica: "Embora já tivéssemos modernizado o MFC em 2005, o número de eventos foi aumentando com o passar do tempo, apesar de ainda não estarem saindo fora do controle." A Metabo queria evitar o risco de uma imobilização, já que o armazém deve estar sempre disponível: a produção do fabricante de ferramentas está estruturada para que o reabastecimento esteja no local de instalação no máximo após quatro horas. "A viastore nos lembrava regularmente que componentes desatualizados em nossa instalação representam um risco para a disponibilidade", descreve Bosch.

Análise da instalação como base

Finalmente, em 2018, foi tomada a decisão de aumentar a disponibilidade do estoque e o funcionamento confiável, assegurando-os para os anos vindouros. "Para isso, a viastore analisou o estado de toda a instalação de forma abrangente", afirma Dennis Bosch. Lars Breuer, vice-diretor de retrofit da viastore, explica: "Precisamente porque as instalações de logística são cada vez mais complexas, é extremamente importante uma análise." Os especialistas em retrofit estudam o estado de cada componente e de cada elemento estrutural do sistema de armazenagem. Esse tipo de análise da instalação pode durar até três semanas, mas o esforço compensa. Porque, como resultado, o operador recebe uma visão geral gráfica, que avalia cada elemento estrutural em termos de sua necessidade de modernização, sendo esta representada sob a forma de semáforo: se o semáforo estiver "verde", não existe qualquer necessidade de manuseamento; se "amarelo", deve ser prestada atenção; se "vermelho", exige medidas o mais depressa possível. "Com esta análise, analisamos estes riscos de modo bastante claro e podemos tomar medidas correspondentes. Adicionalmente, desenvolvemos propostas de reorganização, já que os processos de nossos clientes mudam com frequência ao longo dos anos", ilustra Breuer.

Tudo vermelho

"Raramente tínhamos um semáforo no verde", recorda Dennis Bosch. Lars Breuer detalha: "Muitos componentes foram descontinuados. Especialmente para os controles S5 antigos na esteira transportadora, e nas SRM não existiam mais peças de reposição disponíveis." Porém, em particular, o hardware da TI estava desatualizado. Entre outros, dependia do antigo sistema de bus Sinec L2 FMS para a comunicação com a esteira transportadora, para o qual não existiam quaisquer cartões de interface. "O ataque cibernético abriu nossos olhos permanentemente sobre isso em 2017", recorda Dennis Bosch. Anteriormente, o vírus Petya infectou mais de 1000 computadores de trabalho, bem como 350 servidores na Metabo e provocou uma interrupção de um dia inteiro do trabalho e do fornecimento. Todos os sistemas afetados tiveram de ser totalmente substituídos: os cartões de interface já descontinuados apenas puderam ser organizados com dificuldade em outro lugar. "Isso nos deixo bem claro, uma vez mais, o que significava a disponibilidade", acentua Bosch.

Pré-planejamento preciso com base em roteiro detalhado

viastore Lagermodernisierung bei metabo, Industrielle Fertigung

Com base na análise da instalação, a empresa decidiu modernizar não somente componentes individuais mas também realizar um retrofit geral. "Isto não foi feito sem os trabalhos prévios necessários", recorda Dennis Bosch. "Tínhamos de retirar os produtos necessários para a produção do armazém e colocá-los em outros locais na fábrica, em uma tenda extra construída especialmente, mas também diretamente nos diversos departamentos." Para que a Metabo pudesse planejar isso, a viastore definiu, simultaneamente à análise da instalação, um calendário de que a empresa necessitaria para o retrofit. Em um roteiro foi definido detalhadamente quais trabalhos e quando seriam executados. "Assim sabíamos exatamente quando e durante quanto tempo a instalação estaria parada", explica Bosch. "Além disso, conseguíamos dizer quais e quantos produtos tínhamos de retirar do armazém e o que tínhamos de fazer e em que momento." Isso também ajudou na coordenação com todas as outras partes interessadas da empresa, por exemplo com os departamentos em que tivemos de criar espaço para a armazenagem temporária dos produtos necessários. "O impressionante foi a viastore ter cumprido o roteiro quase a 100 porcento", realça Dennis Bosch.

Modernização abrangente em três semanas

Nas três semanas antes da Páscoa de 2019, a instalação de logística foi totalmente modernizada: os controles S5 antigos foram substituídos por S7 modernos, o carrinho de transferência – ele une os percursos estreitos da Storage Retrieval Machine (SRM) com as estações de picking – recebeu um drive novo. Também os controles e os drives das três portas corta-fogo, que separam a área de estantes da zona-frente e dos restantes galpões, foram modernizados. "Aqui foi instalado um controle próprio do fabricante, que entretanto também foi descontinuado", explica Gregor Rentschler, que foi responsável como gestor de projeto da viastore para o retrofit no local. "Com os novos controles executamos um controle de livre deslocamento, incluindo a alimentação de energia de emergência. Assim se garante que, no caso de incêndio, a esteira transportadora é liberada nas portas corta-fogo e estas podem fechar bem." Um aspecto atualmente exigido pelos seguros contra incêndios.

O MFC também foi atualizado: não funciona mais como hardware mas em um servidor virtual, que se encontra em um mainframe, onde é feito o backup de modo adequado. A visualização também foi atualizada. A SRM e a esteira transportadora foram modernizadas para um sistema de bus atual. Por fim, o controle S7 da esteira transportadora está conectado a sistemas hierarquicamente superiores mediante Ethernet, de modo a ser possível uma manutenção remota da instalação até a cada componente individual.

A substituição da SRM obteve um aumento de 30 porcento na capacidade

viastore modernização em Metabo, produção industrial, referência, instalação de máquina de armazenamento e recuperação

A medida mais espetacular realizada foi a troca da SRM antiga. "Sabíamos que o nosso carro de deslocamento ainda tinha capacidade de reserva", explica Dennis Bosch. "Por isso, queríamos aumentar igualmente a capacidade da SRM com o retrofit." A viastore recalculou que a substituição da SRM pelo modelo atual, em comparação com a pura modernização do dispositivo antigo, proporcionaria um ganho de eficiência, além de quão altos seriam os custos adicionais. "Com uma SRM mais dinâmica e totalmente nova, obtemos um aumento da capacidade de 30 porcento", descreve Lars Breuer. Assim, a decisão foi fácil de tomar. Os dois dispositivos antigos, bem como os trilhos, foram removidos através duas claraboias, a nova SRM foi instalada do mesmo modo.

Trabalho de equipe funcional

Os bombeiros garantiram a segurança no telhado e ainda ajudaram a inserir e retirar os mastros. "Este projeto conjunto com os funcionários da Metabo tornou o trabalho especial", realça Gregor Rentschler. Um sinal desta boa colaboração é também os bolos caseiros que Dennis Bosch levou para o canteiro de obras. "A alimentação foi fantástica", admite Gregor Rentschler com um sorriso e sublinha uma vez mais: "É importante que, no caso de medidas deste tipo, a interação entre os nossos especialistas e os funcionários do cliente funcione." Dennis Bosch confirma "que a equipe foi fundamental para implementar o projeto global de modo tão bem sucedido." Por isso, para ele, é importante que a sua equipe central seja mencionada pelo nome de cada um pela Metabo: "Saúdo Uwe Hennig, Mike Kießig, Steffen Killer, Martin Lehr, Tobias Fuchs, Kevin Rebelo e toda a equipe de logística. Todos eles prestaram um excelente desempenho. Também os outros colegas e setores que estiveram envolvidos na preparação e no acompanhamento foram extraordinários – foi um trabalho de equipe fantástico."

Aumento da capacidade para o armazém

Embora a instalação modernizada ainda só esteja em funcionamento há alguns meses, já se verificam sucessos: "Ainda é muito cedo para referir números concretos", relata Dennis Bosch. "Mas suponho que o aumento da capacidade se estabilizará na faixa dos dois dígitos prometidos. Os colegas no armazém já perceberam que a instalação funciona mais depressa. Não só os produtos são colocados no exterior mais depressa como os conjuntos de dados ficam agora prontos num instante." Mediante a manutenção remota, as ocorrências são resolvidas rapidamente online. Além disso, o consumo de energia diminui, já que, na nova SRM, um acoplamento do circuito intermédio garante uma equalização da energia interna de cargas motoras e regenerativas. "Todo o projeto de retrofit decorreu muito bem", resume Dennis Bosch, satisfeito. Às empresas que queiram modernizar as suas instalações, ele recomenda que "tenham tempo suficiente para planejar tudo previamente – isso não deve ser subvalorizado. A análise da instalação e o roteiro detalhado da viastore são uma base confiável para o efeito."

viastore modernização de armazém em metabo, produção industrial
viastore serviço no local em metabo, fabricação industrial
viastore modernização em Metabo, produção industrial, referência, antiga máquina de armazenamento e recuperação
viastore modernização em Metabo, produção industrial, referência, instalação de máquina de armazenamento e recuperação
viastore modernization at Metabo, Industrial production, Reference, Project manager in dialogue
viastore warehouse modernization at Metabo, Industrial production, Reference, removal of storage and retrieval machine
viastore modernização em Metabo, Produção industrial, Referência, Saída do transelevador
viastore modernization at Metabo, industrial production, reference, replacement of old storage and retrieval machines
viastore Modernisierung bei Metabo, Industrielle Fertigung, Referenz, Einbringung neues Regalbediengerät

Você tem perguntas ou está à procura de mais informações?

Opções de contato
Escreva-nos ou ligue para nós
Formulário de contato
Contato direto

Processamos os dados pessoais fornecidos por você exclusivamente com a finalidade de responder à sua consulta e os apagaremos assim que a finalidade para a qual foram coletados não se aplicar mais e nenhuma outra base legal for aplicável. Mais informações sobre o tratamento de dados pessoais na viastore podem ser encontradas aqui.